Uma conversa sobre o tédio

man-272675_1280

O corpo desleixado sobre a poltrona, cabeça erguida, com os olhos não vendo nada, além de apenas, o teto e uma bolinha de tênis que de cinco em cinco segundos lhe sobe no ponto dos olhos. Ele repete o movimento jogando a bola e novamente a pega. O ciclo não tem fim.

O teto aprofunda o olhar sobre as córneas dele, e vê um desesperado jovem “não vou estudar, não vou escrever, não vou cantar, não vou viver… já há quem faça isso!”.  Nessa energia, o teto decidiu desabar sobre a cabeça dele “não vou ser mais telhado… as coberturas do cinema, do shopping, da casa ao lado já fazem isso!”.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s