O poder da droga da música

Безымянный-1

Continuando a série de reflexões semanais sobre um versículo bíblico e não perdendo a referência externa sobre o momento social a qual vivemos, o tema é sobre música. A música no nosso cotidiano, a música que toca constantemente nos nossos fones de ouvidos. Mas antes de prosseguir, você já parou para pensar no poder que a música tem sobre as nossas emoções, nossos estímulos, e o nosso corpo?

Eis o texto: “E sempre que o espírito mau de Deus acometia o rei, Davi tomava a harpa e tocava. Saul acalmava-se, sentia-se aliviado e o espírito mau o deixava.” 1 Samuel 16:23. Fico imaginando qual seria a melodia que Davi compunha nessas horas para Saul; até podemos sugerir canções, mas jamais saber qual seria a tocada.

A música tem o poder de terapia, entretenimento, alienação. Desde o inicio da história essa arte foi consumida, interpretada e usada de formas diversas, mas ainda hoje tem o desconhecimento de seus limites. O que é música? O que não é? Se sua alma agonizasse nesse momento qual estilo musical lhe acalmaria? E se você quisesse se alegrar, dançar… Qual seria?

Classificar o que é e o que não é música chega ser injusto, pois, essa é um processo particular entre o ouvinte e a melodia escutada. Mas, em nossos sentimentos conseguimos dizer quais músicas são terapêuticas, quais são para festejos e, com um pouco mais de olhar crítico, até dizer o que é alienação.

A música é sempre sentida, primeiramente, pelo compositor. Músicas são histórias e emoções. Vale à pena refletir o que essas têm nos transmitido. A música de amanhã cedo lhe renova ou aliena? Isso tem de ser respondido por você e não pela cantora Anita ou pelo Senado Brasileiro.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s