No começo era relacionamento…

108809194_a.jpg

No inicio Deus criou o homem e viu que isso era bom… até que…

Os homens começaram a se agrupar, se organizando em comunidades, criaram rivalidades e combatiam-se para firmarem sua tribo acima das demais.

A comunhão do ser humano com o seu semelhante, e com o próprio Deus tornou-se fragmentado. Daí, o plano divino do resgate à harmonia completa do relacionamento entre o Criador e seus filhos.

Com Jesus enfatizando aos seus discípulos que deveriam amar uns aos outros, independente de qualquer convenção social, moral ou política. Deveriam se amar. Ainda ao pai rogou por união JOÃO 17.21 .

A vontade de Deus foi revelada ao mundo na figura de seu Filho, Jesus Cristo e o Filho revelou a vontade do pai ao seus discipulos.

No meio da história Deus se revelou ao homem e viu que isso era bom…

Destruindo toda a lógica de fragmentação e rivalidade entre as pessoas, os discipulos começaram a se agrupar, se organizando em comunidades. Contudo, também criaram inimizades por firmarem sua tribo abaixo das de todas.

Firmar abaixo das estruturas sociais uma verdade: que a comunhão é um dos fatores mais fascinante da vida. E como disse Erico Veríssimo “Somos nada mais e nada menos que apenas irmãos!”

Hoje Deus observa o homem e o que será que vê, nesse momento da história?

Os homens novamente começaram a se agrupar, se organizando em comunidades, criaram rivalidades e combatem-se para firmarem sua tribo acima das demais.

Pensemos nisso.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s